Tribunal de Sines mencionado em relatório da Comarca de Setúbal.

tribunalsines.jpg

Segundo avança o Público, os 20 tribunais reabertos pelo Governo em 2017 aumentaram ligeiramente a actividade no primeiro trimestre deste ano: enquanto no ano passado tinham feito uma média de dois julgamentos por mês cada, entre Janeiro e Março de 2018 essa média subiu para três julgamentos mensais. No que concerne Sines: “A reabertura do juízo de proximidade de Sines provocou constrangimentos ao nível da organização das secretarias judiciais, pelo défice grave de recursos humanos que afecta o núcleo [tribunal] de Santiago do Cacém, já debilitado”, lê-se no relatório da comarca de Setúbal. “Por outro lado, a realização de julgamentos da área criminal em Sines parece-nos desajustada, porque o edifício não oferece garantias de segurança para magistrados, funcionários ou intervenientes processuais”.

Anúncios

Fotos do Eclipse Lunar visto de Sines em destaque.

32069403

32069402.jpg

Ambas as fotos, tiradas por Nuno Pinto Fernandes da Global Imagens, estiveram em destaque num artigo do jornal online Observador, que afirmou que em Sines: “o vermelho da Lua foi bastante visível e contrastou com o escuro do céu”. Considerado o “Eclipse do Século”, o eclipse lunar total que só se vai repetir em 2123, noutra era perante uma geração ainda longínqua.

Cabo de fibra óptica entre Sines e Brasil activo em 2020

ng4300803.jpg

Segundo avança o jornal digital Dinheiro Vivo, um grupo de 11 redes de investigação e educação europeias e latino-americanas assinou ontem um acordo para a construção do cabo de fibra óptica submarino “Ellalink” no Atlântico, que ligará Europa e América Latina através de Portugal e Brasil. A Comissão Europeia, principal investidor do consórcio BELLA (sigla em inglês para “Ligando Europa e América Latina”), anunciou ontem a assinatura do acordo contratual entre as plataformas que constituem o consórcio para a construção do cabo óptico submarino que deverá estar operacional dentro de dois anos, em 2020. O executivo comunitário sublinha que esta “nova autoestrada de dados digitais”, que garantirá “uma elevada capacidade de transmissão”, começará a ser construída nos próximos meses, e ligará Portugal e Brasil — designadamente Sines e Fortaleza –, com planos para estender a sua conectividade tanto dentro da União Europeia como na América Latina, com vista à criação de um espaço comum de investigação entre ambos os continentes, um objetivo já traçado na cimeira UE-Brasil celebrada em 2014. Bruxelas aponta que o total de recursos mobilizados para este projeto é na ordem dos 53 milhões de euros, contribuindo a Comissão Europeia com 26,5 milhões, através de fundos do programa científico da UE, o “Horizonte 2020”, do programa “Copérnico” e do instrumento regional de Desenvolvimento e Cooperação, sendo os restantes assegurados pelos restantes membros do consórcio, do Brasil, Chile, Colômbia, Equador, França, Alemanha, Itália, Espanha e Portugal. Em outubro passado, por ocasião da assinatura, em Sines, do contrato para a instalação da estação de entrada na Europa do cabo submarino de comunicações, o director comercial da “Ellalink”, Jesús Bernad, apontou que a ideia é “converter Sines num ‘hub’ de cabos submarinos”. O mesmo responsável explicou que, além de o cabo passar a fazer uma ligação directa, mais curta em distância, é um equipamento de “última geração”, com “uma capacidade inicial de 50 terabytes, podendo chegar [no futuro] a 72 terabytes”. A nova conexão de mais de 10 mil quilómetros vai ainda permitir, segundo divulgou num comunicado enviado à agência Lusa a AICEP Global Parques, “a redução de preço do serviço de internet” e “dará maior segurança na comunicação direta entre a América Latina e a Europa”. O cabo submarino vai ligar Sines em Portugal, a Fortaleza, no Brasil, e, posteriormente, “numa segunda fase, Fortaleza a São Paulo”.

Vegetação tapa sinais e põe utentes de estrada em risco.

img_818x455$2018_08_13_09_41_23_768130.jpg

Segundo noticia avançada pelo CM, é um enorme preocupação que aflige os automobilistas e a Câmara Municipal, nomeadamente a falta de limpeza das bermas da autoestrada 26-1, que liga a rotunda do Terminal XXI à rotunda da Barbuda, que temem consequências para os utentes da via rápida. Ao que tudo indica a Câmara Municipal de Sines já reportou várias vezes a situação à Infraestruturas de Portugal (IP) – entidade responsável por aquele troço -, mas nada foi feito. Segundo explicações dadas por José Manuel Arsénio, vereador da Câmara Municipal de Sines ao CM, : “Temos informado a Infraestruturas de Portugal, que é responsável pela manutenção da via, desta situação mas nada tem sido feito, o que naturalmente nos preocupa, já que a vegetação já chega à via e alguns sinais de trânsito estão totalmente cobertos”, frisou ainda o autarca. “É lamentável o estado a que esta estrada chegou. Segundo afirma António Mendonça ao CM, o motorista de um pesado de contentores: “Foi requalificada, e muito bem, mas a partir daí passou a estar totalmente abandonada. A vegetação já chega à via e o piso já está degradado em alguns locais”. Um habitante de Sines que utiliza a estrada todos os dias, Joaquim Silva, em declarações ao CM acrescenta que: “é uma vergonha, mas não é só nesta estrada. A parte que liga a Vila Nova de Santo André está na mesma ou ainda pior”. Outro utente da via, Fernando Pereira afirma que: “Só quando houver um acidente ou um incêndio é que se vão lembrar de arranjar as coisas”.

Programa da Festa da Nossa Senhora das Salas

Cartaz_Senhora_das_Salas_1_980_2500.jpg

A Festa da Nossa Senhora das Salvas 2018 irá ter hoje de noite pelas 21:30, a Procissão das Velas da Capela para a Igreja Matriz com o seguinte trajecto: Rua de Nossa Senhora das Salas, Av. 25 de Abril, Av. António Aleixo, Av. General Humberto Delgado; Rua da Alegria; Rua Marquês de Pombal; Praça da República; Largo 5 de Outubro; Rua Gago Coutinho; Rua Cândido dos Reis e Igreja Matriz. Amanhã continuará com a Missa Solene na Igreja Matriz pelas 11h, sendo que da parte da tarde, pelas 17h, segue a Procissão Solene da Festa com o seguinte trajecto: Igreja Matriz; Rua Cândido dos Reis; Rua Teófilo Braga; Largo dos Penedos; Rua Vasco da Gama; Estrada da Ribeira; Porto de Pesca; onde a Procissão irá continuar pelo Mar, voltando depois pela Estrada da Ribeira; Av. General Humberto Delgado; Av. António Aleixo; Rua 25 de Abril; Rua da Nossa Senhora das Salas e Capela.

CDS-PP Sines critica desvalorização da Feira de Agosto.

R_Mer_Feiras_Mercados_Tradicionais_1_980_2500.jpg

Os centristas criticam, num comunicado no seu site, a não realização da Feira de Agosto. Na explicação dada, o pouco interesse de inscrições na feira se deve a uma estratégia de desvalorização de um evento com tradição em Sines, que chegou a ser referência na região. No ponto de vista dos centristas, um evento tradicional deveria ser aposta e conviver com os eventos criados mais recentes na cidade.

Acidente rodoviário perto de São Torpes.

ACINDENTE2BPALAVRA-2-799x445-799x445.jpg

As autoridades receberam o alerta esta manhã, aproximadamente pelas 05h54, relativo a uma colisão rodoviária entre dois ligeiros de passageiros, na EN 120/1, perto de São Torpes. Segundo fonte do CDOS de Setúbal, houve uma vítima mortal, do sexo masculino com 33 anos, cujo óbito foi declarado no local, e ainda cinco feridos ligeiros, ao que tudo indica.No local estão 31 operacionais, apoiados por 14 veículos dos Bombeiros de Sines e de Santiago do Cacém, e ainda da GNR e do INEM.