Legionella detectada em Sines

img_757x426$2014_12_11_15_45_05_423317

 

Vários jornais nacionais avançaram a notícia de que a bactéria da Legionella foi detectada no complexo industrial de Sines, nomeadamente na Euroresinas, empresa do grupo Sonae que se dedica à produção de resinas sintéticas. A Autoridade de Saúde confirmou a presença da bactéria, que este ano vitimou 10 pessoas em Vila Franca de Xira em resultado do maior surto de que há memória. Contudo, a análise que confirmou a presença da referida bactéria, (Legionella spp),  foi efectuada em Novembro por um laboratório certificado que confirmou posteriormente a existência de Legionella numa das torres de refrigeração. Um elemento do Hospital do Litoral Alentejano, confirmou que não existe nenhum caso confirmado de Legionella na região. A fábrica parou de imediato e procedeu a limpeza a nível químico e físico da torre de refrigeração sinalizada. A ´Legionella´, ou doença do legionário, contrai-se por inalação de gotículas de vapor de água contaminada (aerossóis) pela bactéria, de dimensões tão pequenas que transportam a bactéria para os pulmões, depositando-a nos alvéolos pulmonares.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s