IP lança concursos para ligação ferroviária de Lisboa e Sines a Espanha

Infraestruturas de Portugal prevê para 2020 a conclusão dos trabalhos da linha electrificada até Espanha, na fronteira do Caia, implicando novos 79 km de via a partir de Évora.

card_carril_comboio_300915

O concurso para projecto da ligação ferroviária entre Évora e Elvas/Caia foi lançado pela Infraestruturas de Portugal (IP). Para já, foram lançados três concursos com vertente sobretudo técnica. O novo troço, via única electrificada e com 79 km de extensão – juntando-se aos actuais 9 km de linha do Leste entre Elvas e a Fronteira, que será também electrificada -, implicará um investimento na ordem dos 500 milhões de euros.

No comunicado da IP – divulgado a três dias das eleições Legislativas e relativo a uma ligação que o actual Governo considerou preferencial à linha do TGV desejada por anteriores executivos – é mencionado apenas o transporte ferroviário de mercadorias.

Além da construção dos troços de ligação entre Évora e Caia, um investimento de 500 milhões de euros, o projecto do corredor internacional Sines-Caia/Madrid inclui, segundo o comunicado divulgado no site da IP, a construção de estações técnicas e/ou ampliação para cruzamento de comboios de mercadorias com 750 m de comprimento; instalação/modernização da sinalização; duplicação da via existente e electrificação da nova via entre Poceirão e Bombel; construção de ligação entre a Linha do Alentejo e o futuro terminal de contentores do Barreiro; e optimização da ligação ao Porto de Setúbal e electrificação dos ramais de acesso, entre outras obras.

A entidade resultante da fusão da Estradas de Portugal e da Refer indica que estão em concurso a coordenação técnica do projecto e tarefas complementares gerais (preço base de 2,5 milhões de euros); via, geotecnia e serviços (2,9 milhões); obras de arte e estruturas especiais (5,1 milhões de euros). O prazo de execução é de 15 meses.

Para breve fica anunciado os procedimentos referentes aos concursos para a Linha do Leste e ligações à futura linha proveniente de Évora, cujo preço base é de 900 mil euros.

A IP indica que é “de grande importância a execução do actual projecto de construção e modernização da linha, dotando o país de real capacidade no transporte ferroviário de mercadorias, que actualmente são obrigadas a um longo desvio para chegarem a Espanha”. O projecto, aponta o comunicado, “representa um investimento estimado em cerca de mil milhões de euros”.

O Governo apresentou em Bruxelas candidatura para co-financiamento através de fundos comunitários, indica a Infraestruturas de Portugal.

Notícias de Sines com DE.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s