Está sempre esfomeado? Temos 5 explicações

comer-muito

Almoçámos há 30 minutos, mas mesmo assim temos vontade de petiscar qualquer coisa. Vamos à máquina de snacks do nosso emprego e tiramos um chocolate. Uma hora depois, apetece-nos uma sanduíche de queijo e lá vamos nós ao café. Quando saímos do trabalho vamos às compras e acabamos por comprar um pacote de bolachas de chocolate. E enquanto estamos a fazer o jantar comemos uma fatia de pão com manteiga – já para não falar no que comemos antes de nos deitarmos.

A verdade é que esta é a rotina de muitas pessoas. Passam a vida esfomeadas e com vontade de petiscar o que quer que seja.

O Huffington Post fez uma lista com as razões para estarmos sempre com fome. Aqui estão algumas:

1)    Está desidratado: “A desidratação pode ser muitas vezes confundida com a sensação de fome, quando na verdade o seu corpo só precisa de fluidos”, explica Alissa Rumsey, porta-voz da American Academy of Nutrition and Dietetics. A especialista recomenda um copo de água logo de manhã. “Se acha que está com fome e não bebe nada há algum tempo, experimente beber um copo de água e esperar 15 a 20 minutos para perceber se está realmente com fome”, sugere.

2)    Está cansado: “Dormir pouco pode levar a um aumento dos níveis de grelina, a hormona que estimula o apetite, bem com a um decréscimo dos níveis de leptina, a hormona que faz com que exista uma sensação de satisfação”, explica Rumsey. O ideal é dormir as horas recomendadas.

3)    Está cheio de hidratos de carbono: “Os hidratos de carbono simples, aqueles que encontramos em pastéis ou bolachas, aumenta os níveis de açúcar no sangue rapidamente, depois deixam-nos ‘cair’ de uma forma abrupta”, explica a nutricionista Maggie Moon. Essa queda faz com que haja uma vontade súbita de comer, principalmente alimentos com açúcar. A especialista sugere o consumo de alimentos com bastante fibra, como as amêndoas, maçãs e pistácios.

4)    Anda stressado: Quando vivemos situações mais desgastantes, o nosso organismo produz mais hormonas ligadas ao stress – adrenalina e cortisol. O aumento da produção destas hormonas faz com que o seu organismo ‘pense’ que está a ser atacado e que necessita de mais energia para reagir e, por isso, ficamos com mais fome, explica Rumsey. Para além disso, o stress reduz os níveis de serotonina no cérebro, o que também faz com que fiquemos com fome, diz Moon.

5)    Bebe demasiado álcool: Um estudo publicado no jornal Appetite explica que as pessoas têm uma maior tendência para comer pratos com mais calorias depois de consumirem álcool. E como esta substância leva à desidratação, isso faz com que achemos que estamos com fome (como foi no primeiro ponto).

Para ficar a conhecer mais explicação, clique aqui (o texto está em inglês).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s