África subsariana e insular no FMM 2016

mohkouyate1_1_980_2500

África volta a ter uma presença forte no FMM Sines – Festival Músicas do Mundo, cuja 18.ª edição se realiza entre 22 e 30 de Julho de 2016 em Porto Covo e Sines. Gana, Mali, Cabo Verde, República Democrática do Congo, Guiné-Conacri e Reunião são as origens de oito confirmações que representam uma das regiões do mundo que mais alegria tem dado ao público do festival.

Pat Thomas & The Kwashibu Area Band é projecto em torno de um dos maiores vocalistas do highlife, ritmo doce e boa onda que é um avatar musical do Gana.

O guitarrista e vocalista Moh! Kouyaté é um músico da Guiné-Conacri a meio caminho entre a tradição mandinga, os blues, o jazz e o rock.

Mbongwana Star é uma banda congolesa criada em torno de Coco Ngambali e Theo Nzonza, dois antigos membros de Staff Benda Bilili.

Konono n.º 1 é um expoente da música de transe congolesa baseada em distorções eléctricas artesanais.

A cantora maliana Khaira Arby é uma das vozes mais representativas dos blues do deserto.

Danyèl Waro, prémio WOMEX 2010, é um gigante da música de Reunião, ilha vulcânica do Índico sob administração francesa.

Vítor Tavares, mais conhecido como Bitori (Cabo Verde), é uma lenda do funaná e do seu instrumento-símbolo, a gaita (acordeão diatónico).

Formada por duas gerações de músicos malianos, Bamba Wassoulou Groove é uma banda em que as guitarras eléctricas tomam a dianteira do palco.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s