Derrame: Operações continuam no Terminal XXI

transferir

Foi anunciado pela Administração da APS, uma intervenção por uma equipa de mergulhadores especializados para averiguar a extensão do derrame ocorrido no Terminal XXI no passado domingo à tarde. Segundo foi explicado pelo ainda Presidente da APS, João Franco, a concentração do produto deve estar na zona do terminal construída sobre estacas, sem se saber a real quantidade e extensão. O capitão do porto de Sines, José Velho Gouveia, afirmou que irá demorar dias a retirar as toneladas de fuel oil, combustível utilizado pelos navios. Foi igualmente confirmado que a mancha de combustível detectada, está contida na zona do Terminal XXI, não havendo sinais de fugas. Na zona de contenção foram colocadas pela APS, barreiras de contenção com 3 quilómetros, 1,5 quilómetros de barreiras de absorção, 40 rolos de mantas de absorção, seis lanchas, dois “skimmers” (bombas de aspiração) e também depósitos para recolha do produto, tendo a autoridade marítima posteriormente disponibilizado dois “skimmers` e depósitos de recolha.

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s