Lídia Sequeira propõe regresso das PPP

acs_7160

Durante um congresso organizado pela Associação dos Agentes de Navegação, a antiga Presidente da Administração do Porto de Sines, Lídia Sequeira, que retomou um cargo no sector portuário com o Governo PS de António Costa, nomeamente a Presidência da Administração do Porto de Lisboa e Setúbal,  defendeu nesse mesmo congresso que as parcerias público-privadas (PPP) não podem ser diabolizadas e argumenta  não haver problemas que “o algoritmo e a matemática” não resolvam. “As PPP falharam porque a previsão do rendimento esperado era superior ao que acabou por acontecer. Se refizermos os algoritmos, e não há nada que a matemática não resolva, pensarmos em PPP que reintroduzam estes mecanismos de uma forma equilibrada e se houver uma remuneração justa dos capitais investidos, acredito que é um mecanismo a que devemos voltar”, afirmou Lídia Sequeira. Lídia Sequeira pediu ainda “flexibilidade, rigor e justiça na análise das consequências”. “Temos aqui uma grande oportunidade. A dinâmica das exportações criou dinâmica nas importações. Está na altura de não ter medo de voltar a falar de PPP. Deverá ser pensada como solução de um país que tem liquidez, precisa de investimento e precisa de remunerar os investidores”, argumentou.

Noticias de Sines com Público.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s