Governo abre porta à privatização da Marina de Sines

porto_sines_983373245547b8afacf370

A porta de uma possível privatização da Marina de Sines, como de tantas outras pelo país,  foi aberta pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que afirmou:  “Se as câmaras municipais quiserem gerir as instalações [náuticas de recreio], vão poder fazê-lo”, acrescentando que o Governo também já propôs às Câmaras Municipais que a gestão dos espaços ribeirinhos seja transferida para o seu espaço de actuação. De acordo com Ana Paula Vitorino, é fundamental que não haja “decisões unilaterais por parte do Governo, mas sim em parceria com as Autarquias”, pretendendo que a tutela seja “transferida ou partilhada” com as autarquias ribeirinhas. Anteriormente a Ministra do Mar já tinha mostrado intenção de concessionar marinas ao sector privado, afirmando que já recebido “várias manifestações de interesse” por parte de autarquias que querem “ser elas próprias a gerir as instalações náuticas de recreio”, sendo que o modelo geral para a privatização das marinas passará por “lançar concessões para a gestão ou, eventualmente, para fazer investimento nas marinas ou outras instalações náuticas”. Em relação ao possível período de concessão a privados poderá ser diferente para cada marina, sendo que o mesmo período seja igual ou superior a dez anos e inferior a 20 anos, e estará ligado à necessidade de investimento de cada marina, definindo-se o mesmo “em função da necessidade de amortização dos investimentos”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s