Comissões de Moradores com Filme e Livro

980comissoes_1_980_2500.jpg

Sines estreia no dia 25 de Abril, às 16h00, no auditório do Centro de Artes de Sines, o filme documentário integrado no projecto “Comissões de Moradores no Concelho de Sines: da Tradição à Modernidade”. Na mesma sessão, será apresentado o livro “Sines na Revolução dos Cravos: a construção da democracia”.

As comissões de moradores foram, no pós-25 de Abril, experiências de democracia nas comunidades. Os seus membros uniram-se, de forma voluntária, para escrever o seu próprio destino. Quando não existia saneamento básico, electrificação, vias de comunicação, espaços de fruição cultural, habitação condigna, foram estes homens e mulheres que, unindo-se, procuraram resolver os seus principais problemas.

Foram ainda as comissões de moradores que procuraram preservar a tradição das comunidades rurais cada vez mais depauperadas, através da realização de actividades tradicionais, como os mastros ou os jogos populares, ou da recolha da poesia popular.

O projecto que se encontra a ser desenvolvido pela Câmara Municipal de Sines no âmbito do Programa Tradições da EDP tem como objectivo assegurar a sobrevivência das tradições populares numa zona que sofreu rápidas e profundas alterações socioeconómicas e registar a forma como as comissões de moradores as transpuseram para a nova realidade emergente e lhe deram continuidade.

O documentário em estreia no dia 25 de Abril foi um projecto coordenado pelo Arquivo Municipal de Sines e pela equipa constituída por Diogo Vilhena e António Campos, com a colaboração do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa.

Reunir esse património imaterial e devolvê-lo à comunidade na forma de um documentário de modo a preservar a memória desses processos é uma das formas de atingir o objectivo, assim como o são a edição de um livro, em parceria com a Universidade Nova de Lisboa, e um extenso programa educativo dirigido à comunidade escolar.

O livro, intitulado “Sines na Revolução dos Cravos: a construção da democracia”, foi coordenado por Raquel Varela e permite ao leitor compreender a história do concelho nos anos da Revolução, quando a democracia estava em construção.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s