Central de Sines pode encerrar antes de 2025.

63110987.jpg

2025 é a data prevista para o encerramento das operações na central a carvão de Sines podendo a EDP decidir o seu encerramento muito antes da data prevista. O mais forte motivo para antecipar esse encerramento é o aumento da carga fiscal sobre as duas centrais a carvão em Portugal, sendo Sines uma das referidas, impostos esses que são a taxa do carvão, que entrou em vigor já este ano, e a taxação adicional sobre o carbono. António Mexia, chairman da EDP, afirmou que não há oposição com o encerramento da central, mas relembrou que a Central até essa data é fundamental e que até se encontra no top 3 ao nível de eficiência na Península Ibérica. Como consequências negativas, António Mexia aponta para um forte impacto negativo nos postos de trabalho, que irá diminuir caso não sejam acautelados e na própria economia da zona, sendo que preve um aumento ligeiro do preço grossista da electricidade. O administrador da EDP João Manso Neto, por sua vez afirmou que é injusto que uma central de carvão pagar duas vezes o CO2, pagando na licença, e depois pagando o adicional.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s