MP quer perceber intervenção de Manuel Pinho no negócio da Artlant

manuel_pinho21178297_base.jpg

MP quer perceber intervenção de Manuel Pinho no negócio que envolveu a petroquímica em Sines. O projecto foi considerado na altura de Potencial Interesse Nacional, mas levou a que a Caixa Geral de Depósitos perdesse 520 milhões de euros. O Ministério Público quer investigar a intervenção que Manuel Pinho teve, enquanto ministro da Economia, num investimento que acabou por revelar-se ruinoso para o Estado. A petroquímica Artlant foi instalada em Sines, em 2008, graças ao apoio do Governo de José Sócrates.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s