Apostas estratégicas para o progresso de Sines? Contentores e GNL.

58067864772c3.png

José Luís Cacho, presidente da APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, concedeu uma entrevista ao ‘Jornal Económico’, na qual abordou, entre vários temas, o desempenho operacional do porto alentejano em 2018. Em jeito de balanço, José Luís Cacho frisou o novo recorde fixado no segmento dos contentores e também as perdas homólogas registadas nos granéis sólidos e líquidos. Para o líder da administração, «2018 foi um ano em que o porto de Sines continuou a crescer na carga contentorizada, cerca de 5%, face ao ano precedente». O porto alentejano, que reforçou ainda mais a sua quota nacional de liderança (destacada) em termos de TEU, «também cresceu nas cargas de GNL. Estas cargas são duas apostas estratégicas para o crescimento do porto nos próximos anos e ainda bem que cresceram em 2018. Têm sido elas que têm sustentado o crescimento do Porto de Sines», constatou, ao ‘Jornal Económico’, José Luís Cacho.

Via Cargo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s