Svitzer abandona Sines.

DSC_1285.JPG

Na realidade, não é só Sines. A Svitzer anunciou em comunicado, a venda das operações nos portos portugueses a uma sociedade denominada Pioneiro do Rio – Serviços Marítimos, Lda, de que Rui Cruz, actual dirctor-geral da Svitzer Portugal é um dos accionistas. O valor do negócio não foi divulgado. A conclusão da transacção deverá ocorrer no segundo semestre do ano corrente, assim sejam obtidas as necessárias autorizações e pareceres, desde logo da Autoridade da Concorrência. A Svitzer justifica a saída do mercado português com o declínio dos volumes de actividade, as reduzidas sinergias com as actividades da Svitzer noutros mercados europeus, e com a fraca performance financeira do negócio. A companhia de reboques e serviços marítimos do grupo Maersk estabeleceu-se em Portugal em 2005 e está presente nos portos de Lisboa, Setúbal e Sines. O negócio com a Pioneiro do Rio engloba a frota de 15 rebocadores e respectivas tripulações, além do pessoal de terra. No início do ano, a Svitzer foi alvo de uma queixa da Rebonave junto da Autoridade da Concorrência, por alegadas práticas predatórias do mercado, com a negociação dos preços dos serviços a ser feita a nível internacional. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s