Hospital do Litoral Alentejano sem cirurgias.

Hospital-do-Litoral-Alentejano-04-1024x683.jpg

Armindo Ribeiro, secretário regional do Alentejo do Sindicato Independente dos Médicos (SIM), lembrou à agência Lusa que “as dificuldades dos hospitais para conseguirem fixar médicos não são novas”, mas, “a situação tem-se agravado e acentuado nos últimos meses e no último ano”, sendo necessárias “medidas emergentes por parte do Governo”.

“É preciso avançar com a contratação imediata de médicos. Têm que se criar medidas específicas para aumentar o número de médicos nos hospitais e nos centros de Saúde do Alentejo”, reivindicou.

No Hospital do Litoral Alentejano (HLA), o problema é outro durante este fim de semana, mas a causa é a mesma. Devido à falta de profissionais “em número suficiente” para preencher a escala de serviço, não vão ser feitas cirurgias no bloco operatório, explicou à Lusa fonte clínica.

“Das 08:00 de sábado às 08:00 de segunda-feira, vão estar um cirurgião e um interno na Urgência de Cirurgia apenas para o diagnóstico e reencaminhamento dos doentes para outras unidades, mas não efectuamos intervenções cirúrgicas porque falta um cirurgião”, disse o director clínico dos cuidados primários de saúde da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), Horácio Feiteiro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s