Portos perdem quase 5% da carga movimentada

709383.png

A carga movimentada nos portos nacionais sofreu uma diminuição de 4,8% nos primeiros sete meses do ano, face ao ano de ano transacto. Os dados são do relatório de acompanhamento do sector portuário, realizado pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

Foram movimentados, até julho, 52,2 milhões de toneladas. Segundo o relatório, a quebra registada nos portos em Portugal Continental é explicada pela diminuição de Petróleo Bruto nos portos de Sines e Leixões, pela perda de quase dois milhões de carga contentorizada em Sines, e pela diminuição da importação de carvão – contabilizada em quase 450 mil toneladas .

O porto de Sines continua ainda a liderar no movimento global portuário, apesar de ter invertido a tendência de subida no mês passado. Em julho, Sines representava quase metade do movimento portuário (48,8%), seguido de Leixões (21,1%), Lisboa (12,7%), Setúbal (7,6%) e Aveiro (6,1). Leixões e Aveiro registaram, no entanto, no mesmo mês, as melhores marcas de sempre.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s