Svitzer confirma conclusão do processo de alienação da sua operação marítima.

maxresdefault.jpg

A Svitzer, que integra o universo do gigante nórdico A.P. Moller-Maersk, e que operava no Porto de Sines, anunciou que todas as condições estipuladas no compromisso firmado com a empresa Pioneiro do Rio e o Grupo Sousa foram totalmente cumpridas, finalizado assim o acordo entre as partes, com efeitos a partir do próximo dia de 1 de Janeiro de 2020. Em Maio do presente ano, a Svitzer tinha anunciado que havia alcançado um acordo com o Grupo Sousa e o Pioneiro do Rio para alienar as suas operações em Portugal, justificando num comunicado a opção estratégica com o facto de as operações enfrentarem “volumes decrescentes”, resultando em condições de mercado “difíceis”. Segundo a Svitzer (empresa de reboques que actuava, no contexto nacional, nos portos de Sines, Lisboa e Setúbal), esta decisão está “alinhada com a estratégia de crescimento corporativo mais ampla da organização” e foi tomada “após uma revisão estratégica de seu portefólio, incluindo considerações sobre o desempenho financeiro misto em Portugal, desde a entrada inicial”, ocorrida no ano de 2005. Pioneiro do Rio e Grupo Sousa assumem a propriedade das operações marítimas portuguesas da Svitzer, após obterem a aprovação das autoridades portuguesas da concorrência e de cumprirem todas as formalidades relativas conclusão do negócio. 

Foto: Rodolfo Dias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s