Expansão da Pedreira Monte Chãos aprovada.

Fotor_157735473993064.jpg

Foi ontem aprovada em Assembleia Municipal Extraordinária, a proposta do executivo para a cedência de terrenos que integram o domínio privado do Município de Sines à APS — Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A. para a exploração da pedreira com as respectivas contrapartidas financeiras. A proposta foi aprovada pela maioria da Assembleia Municipal que pertence ao Partido Socialista, tendo os restantes eleitos do Movimento Sines Interessa Mais e da CDU votado contra. Recorde-se que o Movimento Sines Interessa Mais, já se tinha demonstrado contra a proposta, tendo lançado um comunicado,  onde consideraram  que” é um negócio danoso para Sines”, que “irá permitir a expansão da pedreira para junto de habitações e escolas”, tendo registado que este negócio e seus procedimentos de “notória falta de transparência na gestão da coisa pública e de incapacidade de negociar em defesa do interesse público”. O CDS-PP também lançou um comunicado onde afirmou a sua oposição ao projecto, criticando a postura do Executivo e da APS, afirmando que o desenvolvimento portuário, a criação de postos de trabalho e captação de investimento, “não pode, nem deverá ser às custas da cidade e da população.”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s