Covid-19. Governo afasta para já adiar IRS e IMI.

Screenshot_20200325-170912_Chrome

De momento, apenas as empresas têm garantida uma moratória no pagamento de impostos e nas entregas à Segurança Social das retenções efectuadas aos trabalhadores.

Ministério das Finanças não tem, para já, intenção de alterar os prazos previstos para a campanha do IRS de 2019 ou para os pagamentos anuais do IMI, avança o “Jornal de Negócios” esta quarta-feira.

Fonte oficial do gabinete de Mário Centeno afirmou ao jornal que “sem prejuízo de terem sido implementadas medidas de apoio às famílias e empresas relativamente às obrigações tributárias do 2.º trimestre de 2020, o Governo continuará a acompanhar e avaliar de perto a evolução da conjunctura atual”.

De momento, apenas as empresas têm garantida uma moratória no pagamento de impostos e nas entregas à Segurança Social das retenções efectuadas aos trabalhadores.

A prioridade para António Costa é garantir alguma liquidez às empresas e evitar, por essa via, que, confrontadas com perda de rendimentos, avancem com despedimentos.

“A flexibilização no pagamento do IRS, IRC e do IVA pretende assegurar a liquidez das empresas que, por sua vez, asseguram os rendimentos dos seus trabalhadores”, disse o gabinete de Mário Centeno ao jornal.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s