Governo admite estado de emergência até 15 de Maio.

Screenshot_20200410-102556_Chrome

O Jornal “Público” avança que a continuação do estado de emergência até 15 de Maio, pelo menos, é uma realidade ponderada pelo primeiro-ministro, António Costa. O Governo tem em cima da mesa vários cenários sobre o momento em que pode ser levantada a medida de excepção decretada pelo Presidente da República pela primeira vez a 18 de Março e renovada a 1 de Abril. Até porque o executivo mantém uma interpretação mais prudente – do que a demasiado optimista que terá sido feita pela generalidade das pessoas – da declaração de Marcelo Rebelo de Sousa, na  terça-feira, no final da reunião com os peritos, quando disse: “Se queremos ganhar a liberdade em Maio, temos de a conquistar em Abril”. A possibilidade admitida pelo Governo de o estado de emergência vigorar até meados de Maio está plasmada numa resolução aprovada, esta quinta-feira, pelo Conselho de Ministros, que prolonga até às zero horas do dia 14 de Maio “a reposição, a título excepcional e temporário, do controlo de pessoas nas fronteiras”.

Foto: Lusa/Rodrigo Antunes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s