Covid-19. Afinal, recibos verdes recebem menos do que esperavam em abril.

naom_5d9d93e4923d0

Os trabalhadores independentes que pediram um apoio à Segurança Social por quebra da actividade, por causa da Covid-19, vão receber menos do que estavam à espera no mês de abril. Houve queixas de que o valor máximo ronda os 290 euros e o movimento dos Precários Inflexíveis adianta que o valor comunicado aos funcionários está a ser dois terços abaixo do valor esperado.O que acontece é que as pessoas que pediram o apoio “deparam-se agora com um valor abaixo do que seria de esperar, sem nenhuma explicação. Quem tem um histórico contributivo que permite atingir o valor máximo do apoio está a confrontar-se com um valor a receber de 292,60 euros (ou seja, cerca de dois terços desse valor máximo). Nas outras situações, o valor é igualmente de apenas dois terços do valor esperado“, refere o movimento dos Precários Inflexíveis, em comunicado. “Esta diferença não é explicada e está a gerar surpresa e indignação. Recebemos, desde ontem, terça-feira, um grande número de mensagens com dúvidas e a transmitir a enorme frustração por mais uma situação inesperada no acesso a este apoio”, pode ler-se na mesma nota.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s