Desemprego aumenta em Sines.

Screenshot_20200506-081128_Chrome

Como consequência imediata do confinamento a que a maioria dos portugueses se sujeitaram, e do abrandamento da actividade económica, o Centro de Emprego de Sines registou um aumento, sem precedentes, de 700 pedidos. Um dos epicentros deste aumento de pedidos, será sem dúvida os mais de 600 trabalhadores foram despedidos do complexo industrial. Boa parte das empresas, decidiu manter os seus trabalhadores no activo, passando para o regime de teletrabalho, a esmagadora maioria dos trabalhadores que poderiam ser enquadrados neste contexto. Relacionada ou não com esta situação, entidades que prestam apoio social como a Cáritas ou Associações comunitárias como a Litoral Alentejano Solidário, não tem tido mãos a medir, com o aumento de número de pedidos para auxílio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Google

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Facebook

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Conectando a %s