Como o tipo de sangue pode aumentar a severidade da Covid-19.

Screenshot_20200615-104200_Chrome

Uma nova pesquisa determinou que pessoas detentoras do tipo de sangue A estão 50% mais propensas a experienciarem sintomas severos de Covid-19 e a necessitarem de ventilador ou de oxigénio artificial. Investigadores da Christian-Albrechts University of Kiel, na Alemanha, são os autores da descoberta apesar de ainda não terem a certeza do porquê dos grupos sanguíneos estarem associados a um maior ou menor risco de sofrer da doença infecciosa. A pesquisa surge após uma outra que havia concluído que pacientes com sangue do tipo O poderiam apresentar uma maior proteção contra o SARS–CoV-2. Em declarações ao jornal britânico The Times Andre Frank, o líder do estudo, disse que actualmente estão internados em hospitais de todo o mundo pessoas com ambos os grupos sanguíneos. Acrescentando que ele e a sua equipa de investigadores ainda não estão absolutamente certos acerca do risco exacto relacionado com o tipo de sangue, que: “pode corresponder a 20%, 30% ou 50%”. O estudo alemão revelou ainda que indivíduos com tipo de sangue O estão entre nove a 18% mais propensos a testarem positivo para o novo coronavírus, comparativamente a pessoas com outro grupo sanguíneo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s