“Também haverá em Sines mais vida além da crise”, diz presidente da APS

José Luís Cacho, presidente da APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, considera que “também haverá em Sines mais vida além da crise”, relembrando a frase de há uns anos do então Presidente da República, Jorge Sampaio, de que havia mais vida para além do défice orçamental. Intervindo na sessão solene de apresentação do plano estratégico do porto de Sines 2020-2025, que decorreu ontem, José Luís Cacho defendeu que “a actual crise pandémica só veio antecipar” os desafios e os projectos que constam deste novo plano estratégico para o porto de Sines. Diversificação, digitalização, descarbonização, procura de novos mercados e novo terminal de GNL – Gás Natural Liquefeito, assim como o projecto em torno do hidrogénio, foram os desafios destacados pelo presidente da APS para os próximos anos do porto alentejano. Na opinião de José Luís Cacho, o dia de ontem marcou “um novo ciclo de desenvolvimento que se inicia com este plano estratégico”. A procura de novas cargas e de novos mercados por parte do porto de Sines foi destacada pelo presidente da APS como um objectivo prioritário para perseguir nos próximos anos. Em termos de cargas, José Luís Cacho revelou ainda que, desde o início deste ano, o porto de Sines registou um crescimento de 8%, face ao período homólogo, no segmento da carga contentorizada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s