Alentejo regista crescimento do PIB motivado pela actividade de Sines

A região do Alentejo registou um crescimento de 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB) durante 2019, enquanto as restantes regiões do país registaram igualmente crescimentos, com a média nacional a fixar-se nos 2,2%, destacando-se o contributo da atividade turística, adianta a agência Lusa.

Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que refere que, apesar das diferentes evoluções, “todas as regiões registaram crescimentos do PIB em termos reais”, adiantando que no Norte o crescimento foi idêntico ao do país, “apesar do decréscimo (-0,7%) registado no VAB do ramo da indústria e energia, principal actividade na região”.

Adicionalmente, o INE destaca que no Alentejo, o impacto é “determinado pela contração significativa da actividade do ramo da indústria e energia, em particular em unidades de grande dimensão do sector petroquímico, instaladas no complexo portuário, industrial e logístico de Sines”.

Os resultados provisórios das Contas Regionais de 2019 indicam ainda que “o PIB do país registou um crescimento nominal de 4,0% e real de 2,2%”.

Quanto ao crescimento nominal, apesar de todas as regiões apresentarem variações nominais positivas, os crescimentos nominais mais baixos foram verificados na Região Autónoma da Madeira (2,6%) e no Alentejo (2,4%).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s