Processo milionário contra a EDP pelo fim do carvão em Sines

A Portsines, empresa controlada pelo grupo ETE mas da qual a EDP é acionista minoritária, avançou para tribunal com uma acção de execução contra a eléctrica nacional.

O abandono da produção termoeléctrica a partir do carvão em Portugal vai tornar a eletricidade do país mais limpa, mas a transição energética tem os seus custos. E um deles chega agora à EDP sob a forma de litígio com a empresa que tratava da logística da descarga do carvão importado para a central que a EDP tem em Sines.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s