Consumo de combustíveis fósseis em Portugal caiu 11% em 2020.

O consumo total de combustíveis fósseis em Portugal desceu 11,1% em 2020, em comparação com o ano anterior, para 12,68 milhões de toneladas equivalentes de petróleo (TEP), segundo o mais recente boletim da Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Esta queda foi motivada sobretudo pela descida na procura de combustíveis rodoviários, um mercado que se ressentiu com os períodos de confinamento e de teletrabalho associados à pandemia.

Segundo a DGEG, o consumo anual de produtos petrolíferos baixou 11,2% face a 2020, enquanto a procura de gás natural recuou 1,2%. Já o carvão teve uma queda de 50%, motivada pelo menor uso das centrais termoelétricas a carvão (Sines encerrou em janeiro e a central do Pego fechará no final deste ano).

No que respeita aos produtos petrolíferos, o consumo de gasolina caiu 17,3% face a 2019, o de gasóleo baixou 13,3% e o de GPL recuou apenas 0,1%. Este comportamento no GPL combinou uma descida de 21% na procura de GPL para automóveis, um recuo de 2,1% no gás butano e um aumento de 1,8% no consumo de propano.

Os dados da DGEG mostram ainda que o consumo de “jet” para aviões se afundou 61% face ao ano anterior, ao passo que o combustível para navios observou uma queda de 26%.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s