Alemão salvo de veleiro à deriva ao largo de Sines.

Um tripulante alemão de 68 anos foi salvo pelas autoridades portuguesas de um veleiro à deriva, ao largo de Sines, na tarde do passado domingo.

De acordo com a Autoridade Marítima Nacional, a embarcação encontrava-se “sem propulsão e governo”, a cerca de duas milhas a norte do porto de Sines, devido ao facto de ter ficado com os cabos presos na hélice.

O alerta foi recebido pelas 14h05. De imediato, foi activada uma embarcação da Estação Salva-Vidas de Sines. Ao chegarem ao local, as autoridades verificaram que o veleiro tinha embatido numa zona rochosa, causando ferimentos na face do tripulante.

Os elementos da Estação Salva-Vidas removeram a embarcação do local e rebocaram-no, por razões de segurança, até ao porto de recreio de Sines, onde aguardava uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Sines que prestaram os primeiros socorros à vítimas transportando-o, posteriormente, até a uma unidade hospitalar.

O veleiro acidentado será agora alvo de vistoria e avaliação às condições de segurança para navegar, por parte dos peritos da Capitania do Porto de Sines.

O Comando-local da Polícia Marítima de Sines tomou conta da ocorrência.

© Autoridade Marítima Nacional

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s