Pescador lúdico morre em queda de falésia com 20 metros em Porto Covo

Segundo avança o Jornal de Noticias, um homem de 77 anos morreu depois de cair de uma falésia com uma altura de cerca de 20 metros em Porto Covo. Não há indícios de crime, apurou o JN junto da Polícia Marítima de Sines, razão pela qual a Polícia Judiciária não foi acionada para investigar. O pescador lúdico, natural de Mora, tinha saído sozinho de casa na tarde de segunda-feira, pelas 17 horas, e foi a mulher que deu às autoridades o alerta para o desaparecimento, cerca das cinco horas da madrugada desta terça-feira. O homem terá escorregado quando se encontrava na falésia junto à praia do Cerro da Águia. As autoridades deslocaram-se ao local e encontraram o corpo da vítima no areal, numa zona de difícil acesso. No topo da falésia, estavam os apetrechos de pesca que pertenciam ao homem.

A Polícia Marítima de Sines foi então accionada, às 6.40 horas, e fez deslocar ao local meios para remover o corpo por via marítima, já que por terra era impossível. O corpo foi retirado por agentes da Polícia Marítima numa mota de água e posteriormente colocado na embarcação semirrígida salva vidas de Sines.

O homem de 77 anos foi transportado sem sinais de vida para o porto de recreio de Sines, onde o delegado de saúde local confirmou o óbito. Aqui, os bombeiros de Sines fizeram o transporte para a morgue do Hospital do Litoral Alentejano.

A vítima mortal, residente em Mora, Évora, costumava passar férias em Porto Covo com a mulher.

Foto: Arquivo Global Imagens

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s