Tripulantes de veleiro auxiliados ao largo de Sines por causa de orcas

Segundo avança o Notícias ao Minuto, um homem de 49 anos de idade e uma mulher de 21 anos, de nacionalidade irlandesa, tiveram que ser auxiliados por elementos da Polícia Marítima, na tarde de ontem, ao largo de Sines, depois de uma interacção com orcas.

De acordo com um comunicado do Comando-local da Polícia Marítima de Sines, as orcas danificaram o leme do veleiro onde se encontravam os dois cidadãos irlandeses, a três milhas náuticas (cerca de cinco quilómetros) do Porto de Sines.

Os dois tripulantes encontravam-se bem, à chegada das autoridades, e não foi necessária assistência médica. O veleiro foi rebocado até ao porto de recreio de Sines.

“A Autoridade Marítima Nacional e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) recomendam a todos os navegantes que em caso de avistamento destes mamíferos, seja desligado o motor, por forma a inibir a rotação da hélice, e imobilizada a porta do leme, desmotivando assim estes mamíferos a interagir com as estruturas móveis das embarcações”, indica a autoridade, na mesma nota.

No passado dia 19 de outubro, sublinhe-se, um grupo de orcas atacou a embarcação de pesca de Setúbal Boa Estrela, danificou os fundos e destruiu o leme. Os dois tripulantes não sofreram qualquer ferimento.

Em Espanha, o Ministério para a Transição Ecológica e Desafio Demográfico anunciou que vai lançar um estudo para analisar a interação entre as orcas com embarcações em águas espanholas, para minimizar impactos e garantir segurança.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s