Trabalhadores da Euroresinas com greve marcada para Janeiro.

A EuroResinas Indústrias Químicas, do Grupo dos Herdeiros do Belmiro de Azevedo, localizada em Sines, informou que os trabalhadores desta unidade vão realizar uma greve de 4 a 13 de Janeiro de 2022, pelos aumentos salariais. Numa época em que o Salário Mínimo Nacional aumenta todos os anos, os trabalhadores da Euroresinas consideram inadmissível a proposta do Conselho de Administração. Há ainda a intenção de negociação de matérias que constavam no caderno reivindicativo enviado. O pré-aviso de greve foi lançado pelo SITE SUL – Sindicato do Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Sul.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s