Unidades de saúde do Alentejo com 114 médicos internos em formação

Um total de 114 médicos internos começou esta semana a realizar formação geral e especializada nos hospitais e centros de saúde do Alentejo, revelou à agência Lusa fonte da Administração Regional de Saúde (ARS).A fonte da ARS do Alentejo indicou que o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) foi a unidade de saúde a receber o maior número de novos clínicos para formação, num total de 40 médicos internos.Por sua vez, o HESE divulgou que, destes 40 clínicos, 27 são de formação geral e vão “percorrer todas as especialidades ao longo do ano”.

Os restantes 13 são de formação especializada e escolheram as especialidades de anestesiologia, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, medicina interna, nefrologia, oncologia médica, ortopedia, pediatria e psiquiatria, acrescentou.

Segundo a unidade hospitalar, os jovens clínicos que agora chegaram ao hospital de Évora são provenientes de vários pontos do país, havendo também uma médica interna oriunda de Cabo Verde.

Segue-se a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), que recebeu 28 novos médicos internos para formação geral e especializada no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, e nos centros de saúde do distrito.

A ULSBA precisou que 21 dos médicos internos vão realizar formação geral e que os outros sete vão fazer formação especializada em medicina intensiva, psiquiatria, pediatria e medicina geral e familiar.

Já a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), que abrange o Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, e os centros de saúde deste concelho e dos municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira e Sines, informou que recebeu 23 médicos internos.

De acordo com a ULSLA, destes 23 médicos internos, 15 são de formação geral e oito vão formar-se nas especialidades de cirurgia geral, medicina geral e familiar, medicina interna, medicina intensiva, ortopedia e saúde pública.A ARS Alentejo indicou que outros 15 clínicos foram acolhidos na Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), que integra os hospital Dr. José Maria Grande, em Portalegre, e de Santa Luzia, em Elvas, e os centros de saúde do distrito de Portalegre.Os restantes oito médicos internos vão fazer formação nas unidades do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Alentejo Central, acrescentou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s