Sines pode vir a ter novo terminal para fazer chegar gás à Europa.

O presidente da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) assegura que “há capacidade para construir um novo terminal de gás natural liquefeito (GNL)” em Portugal, de forma a “aumentar a capacidade de armazenamento” para a Europa, noticia o Jornal de Negócios (acesso pago) esta quarta-feira.Estas declarações surgem depois de o comentador Luís Marques Mendes ter afirmado na SIC que Bruxelas se prepara para “incentivar as interconexões entre a Península Ibérica e França para levar gás até à Europa Central”, procurando uma alternativa à compra de gás à Rússia. Mas Sines só poderá avançar quando forem ultrapassados os constrangimentos técnicos nas interligações entre Espanha e França. Além disso, mesmo que avance, este investimento pode demorar cerca de dois anos e será ainda necessário definir quem paga a construção. Em declarações ao Negócios, o presidente da Comunidade Portuária e Logística de Sines adianta ainda que chega já um navio a cada cinco dias ao porto alentejano e é armazenado no terminal de GNL da REN.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s