Águas de Santo André investe 2,5M€ para tratar efluentes em Sines

A Águas de Santo André (AdSA) vai investir 2,5 milhões de euros na construção de um novo emissário, no concelho de Sines, para melhorar a resiliência do sistema de drenagem de água. De acordo com a empresa, o concurso público para a “construção do novo emissário da Caixa da Barbuda à Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Ribeira de Moinhos” foi lançado. A empreitada, que tem “uma duração prevista de 270 dias”, visa tornar “o sistema mais resiliente”. Em declarações à agência Lusa, o presidente da AdSA, Luís Faisca, explicou que a obra vai permitir a separação do “efluente [industrial e urbano] de Sines” que, actualmente, “está a ser misturado numa única conduta até à ETAR” da Ribeira de Moinhos.

A construção de um novo emissário vai permitir que o efluente tenha “origens distintas”, adiantou o responsável. Com este investimento, indicou, a AdSA pretende “adequar o tratamento às características das cargas poluentes dos efluentes industriais e urbanos”.

Ainda de acordo com Luís Faísca, a empreitada, que terá início até ao final deste ano, permitirá “a renovação e inovação dos processos de tratamento” dos efluentes. “Em termos operacionais, a AdSA passa a garantir uma continuidade do serviço, uma vez que o sistema passa a funcionar em redundância, sendo este mais um factor de confiança para os investimentos previstos” para a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS), acrescentou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s