Estudo defende terminal de mercadorias na ligação Sines/Caia

Um estudo encomendado pela Infraestruturas de Portugal (IP) e por sete municípios defende a “viabilidade técnica e económica” da construção de um terminal de mercadorias, na zona dos mármores, para servir a nova ferrovia Sines/Caia, foi esta semana revelado. “O estudo diz que já existem no território dinâmicas económicas, sobretudo, ligadas aos mármores e aos produtos endógenos que podem dar sustentação à construção do terminal”, indicou à agência Lusa o presidente da Câmara de Alandroal, João Grilo.

Elaborado por uma consultora, o trabalho foi encomendado pela IP e por sete câmaras municipais das zonas dos mármores e do Alqueva: Alandroal, Borba, Estremoz, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Sousel e Vila Viçosa.Segundo o autarca, os resultados preliminares do estudo apontam para a “viabilidade técnica e económica” da criação do terminal de mercadorias numa área que abrange os concelhos de Alandroal e Vila Viçosa, junto à futura estação técnica n.º 2 da nova linha ferroviária Sines/Caia.“O estudo tem o aspeto positivo de realçar que, com o que já existe no território, poderia haver viabilidade para a construção do terminal”, insistiu, sublinhando que, se for construído, “haverá mais dinâmica”, o que aumentará “ainda mais a sua viabilidade”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s