Mute: Um novo conceito em Porto Covo.

“O mundo está demasiado rápido. Não passamos mais do que cinco minutos sem olhar para o telemóvel. Os timings, a agenda, os horários e os deadlines sufocam-nos.” Foram algumas das razões que levaram quatro jovens a juntarem-se para abrir um alojamento em Porto Covo. O Mute não é um hotel, não é uma guesthouse nem um hostel. Não não é nada disto, mas ao mesmo tempo é tudo isto.

Artigo original da NiT

A ideia de criar o empreendimento surgiu de Francisco Castelo Branco, Thomas Teixeira da Mota, do ator Tiago Teotónio Pereira e de Lourenço Pestana, que trouxe consigo dois novos sócios: Pedro Sotero e Pedro Ferreira. O Mute tem como essência algo que os conecta a todos. “O active resting incentiva as pessoas a terem umas férias em que descansam a cabeça, mas mantêm o corpo ativo”, contou Mariana Castelo Branco, responsável pela comunicação do espaço.

Alguns membros deste grupo de amigos passavam férias em Porto Covo quando eram miúdos, uma tendência que se manteve até serem adultos. Os restantes também são grandes fãs da região, e conhecem muitos dos habitantes locais. “Já tinham a ideia para este projeto há muito tempo. Estiveram quatro anos à espera de arranjar uma licença para o espaço.” Assim que a conseguiram, puseram mãos à obra. O alojamento ficou pronto a receber hóspedes em setembro de 2021. O principal objetivo do Mute é fazer com que as pessoas se sintam em casa. Além disso, os fundadores sempre se decidiram afastar dos rótulos: “Vamos definir que é um hotel, um hostel, uma guesthouse? Temos quartos duplos com casa de banho privada, mas também temos camaratas. Pode acabar por ser um hostel, mas melhor. É difícil arranjar uma definição perfeita. Não somos nada disto, mas somos isto tudo”, explica Mariana Castelo Branco. A decoração é moderna e minimalista, e foi dada uma especial atenção às áreas comuns, criando um ambiente propício a momentos de convívio e onde poderão surgir novas amizades. Também é dotada de uma espaçosa varanda, perfeita para as noites de verão. O Mute tem um restaurante com mais de 100 lugares e um bar. “Também alugamos o espaço e fazemos vários eventos de team building e retiros de ioga”, acrescenta.Sendo o active resting o foco do espaço, não faltam atividades físicas. “Temos campos de padel gratuitos, aulas de surf, aulas de ioga e aluguer de pranchas de padel e surf.” Dentro da propriedade também existe um skatepark e uma piscina com espreguiçadeiras, oferecendo uma vista desimpedida sobre as praias que se situam a um minuto a pé do alojamento.O Mute tem seis quartos duplos e três camaratas com quatro camas cada. Uma noite na camarata custa 35€, enquanto que a estadia mínima de duas noites num quarto privado custa 280€.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s