Covid-19: situação de alerta prolongada até 31 de maio

O Conselho de Ministros prorrogou hoje, a situação de alerta até ao final deste mês, mantendo em vigor as atuais medidas. O anúncio foi feito pela ministra de Estado e da Presidência. No final da reunião do Conselho de Ministros, a ministra da Presidência anunciou que o Governo decidiu prorrogar a situação de alerta em todo o território nacional continental “até às 23:59h do dia 31 de maio de 2022”. Este prolongamento não visa, porém, qualquer alteração das actuais medidas em vigor, salientou Mariana Vieira da Silva. Entre as medidas ainda em vigor destaca-se o uso obrigatório de máscara nos transportes públicos, hospitais e centros de saúde, e lares e instituições de acolhimento.A situação de alerta, o nível mais baixo de resposta a situações de catástrofes da Lei de Base da Proteção Civil, terminava às 23:59 desta quinta-feira. Presente no briefing, a ministra da Saúde explicou que se registou “um aumento” na transmissão da covid-19, mas “este facto não é completamente inesperado”. Apesar de assegurar que “a situação mantém-se controlada”, a ministra Marta Temido disse que podemos vir a assistir a uma “inversão do decréscimo da mortalidade especifica por covid-19”. Nesse sentido aproveitou para “apelar à nossa melhor arma para a protecção contra a doença grave e muito grave: a vacinação”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s