Que futuro para Sines? – Acampamento 1.5

Introdução: “A transformação da cidade de Sines no polo industrial que conhecemos teve várias implicações no panorama económico-social da cidade e região. Nesta sessão iremos abordar algumas dessas implicações em duas áreas que impactavam diretamente com a população sineense na altura da transformação em polo industrial: As pescas e os transportes públicos.Quais as dificuldades que vivem os pescadores de Sines nos últimos 50 anos? Que implicações teve a redução drástica na atividade na população em geral? Há futuro para a pesca artesanal?Quais as consequências do fim do transporte ferroviário em Sines? Que dados suportam o desinvestimento claro em transportes públicos? Que modelo serviria melhor a população e a luta contra as alterações climáticas?”

São as perguntas que a Climáximo (que se identifica como um colectivo aberto, horizontal e anti-capitalista), pretende responder numa conversa marcada para o dia 27 de Maio, Sexta-feira às 21h no Ponto de Encontro, no Largo do Poeta Bocage.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s