Macron: “É falso, factualmente falso” que novo gasoduto resolva o problema energético.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, disse que não vê provas evidentes da necessidade de um novo gasoduto, defendendo uma estratégia de compra comum de energia na Europa. “Precisamos de mais interligação eléctrica. Mas não estou convencido de que necessitemos de mais interligação de gás, cujas consequências, em particular no ambiente, e em particular no ecossistema, são mais importantes. (…) Não há prova da sua necessidade”, defendeu Macron, durante uma conferência de imprensa, após uma reunião com o chanceler alemão, Olaf Scholz.Segundo o El País, Macron disse que os dois gasodutos existentes entre Espanha e França não estão a ser utilizados à capacidade total – desde o início da guerra que estão a ser usados a pouco mais de metade. E glosou Charles de Gaulle, o antigo presidente francês que disse, numa frase célebre, que “não basta saltar como um cabrito e gritar ‘Europa! Europa!’ para que esta se faça”: “Plagiando um dos meus antecessores: não entendo por que saltaríamos como cabritos pirenaicos neste assunto e que isso resolveria o problema do gás. É falso, factualmente falso. Se hoje estivéssemos a 100% da utilização dos nosso gasodutos e houvesse uma necessidade de exportar gás a França, Alemanha e outro lugar, dir-lhes-ia que sim, mas não é assim”. Macron mostrou-se “a favor de práticas de compras comuns de gás” na Europa, dizendo que os países devem comprar “mais barato”, além de procurarem limitar o preço do gás russo entregue através de gasodutos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s