Madoqua Power 2X contrata NextChem para projecto de hidrogénio em Sines

Segundo avança o Expresso, o consórcio Madoqua Power 2X, que junta a empresa portuguesa Madoqua Renewables, a holandesa Power 2X e a dinamarquesa Copenhagem Infrastructure Partners, assinou em Milão um contrato de serviços de engenharia com a empresa NextChem, do grupo italiano Maire Tecnimont, para que esta avance com os estudos de engenharia necessários para o licenciamento do projecto de hidrogénio verde que o consórcio quer desenvolver em Sines. O contrato foi firmado durante a feira GasTech, que decorre em Milão, na presença do secretário de Estado do Ambiente e da Energia, João Galamba, que afirmou, na ocasião, que “a neutralidade climática até 2050 exige decisões ousadas sobre investimentos sustentáveis com foco nos objectivos energéticos e climáticos, permitindo ao mesmo tempo a recuperação económica”, segundo o comunicado divulgado pelo consórcio. “Estamos entusiasmados por trazer a Maire Tecnimont S.p.A e a NextChem para acelerar as fases de licenciamento e engenharia do nosso projeto”, referiu, por seu turno, o presidente executivo da Madoqua Renewables, Rogaciano Rebelo. O projecto que o consórcio tem para Sines prevê produzir anualmente 50 mil toneladas de hidrogénio verde (a partir de uma capacidade de eletrólise de 500 megawatts), bem como até 500 mil toneladas de amoníaco de origem renovável. Um dos objectivos é exportar esta produção para os mercados do noroeste da Europa.O investimento estimado em Sines nestas unidades de hidrogénio e amoníaco verde rondará os mil milhões de euros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s