Fuga na Sigás controlada.

pcivil_destaque_1_980_2500.png

Registou-se, pelas 16h30 desta segunda-feira, dia 24 de setembro, uma fuga nos tanques da Sigás, em Sines. A Protecção Civil Municipal e as autoridades de emergência e socorro tomaram, de imediato, as medidas cautelares que se consideraram necessárias, tendo-se mesmo iniciado a evacuação de habitações nas imediações. Neste momento o incidente encontra-se controlado, não havendo qualquer motivo para alarme. As populações que foram retiradas de suas casas por precaução podem, agora, regressar em segurança.

Anúncios

Bairro de Sines evacuado devido a fuga de gás

image.jpeg

Segundo avança o Jornal de Noticias, uma fuga de gás num reservatório subterrâneo em Sines obrigou à evacuação do Bairro Marítimo, na zona norte da cidade, nesta tarde desta segunda-feira. O alerta foi dado às 16.20 horas e na zona da fuga estão cinco operacionais com três veículos dos bombeiros de Sines, bem como a elementos da Protecção Civil.

António Cassapo em Concerto Solidário | Missão Coragem

980cassapo_1_980_2500.jpg

Será no próximo dia 28 (Sexta-feira) pelas 21:30 no Auditório do Centro de Artes de Sines, o Concerto de António Cassapo. António Cassapo é vocalista, autor e compositor. Nasceu em Oeiras e desde muito cedo a paixão pela música foi grande. Em 1997, Cassapo participou no programa da SIC «Chuva de Estrelas», onde conseguiu vencer uma eliminatória ao imitar Kurt Cobain. Assina o seu 1.º contrato discográfico em março de 2000 e lança finalmente em 2001 o 1.º álbum, intitulado «Sonhos». O segundo, «Ser Humano», chegou três anos depois. Em 2006, sai «Nudez» e, em 2010, «SOS», cujo tema «Palpitação» foi dos mais ouvidos nas rádios nacionais e na TV. Em 2011, estreou o disco «11», com as suas 11 melhores músicas. O 6.º álbum de originais começou a ser promovido em 2013 com o single «Tudo ou nada» e nesse mesmo ano foi escolhido para a banda sonora da novela «O Beijo do Escorpião», da TVI. 2016 foi o ano de estreia do álbum «Origens». O preço do bilhete é de 6€ e a organização está por conta da Missão Coragem.

Porto de Sines e Canal de Suez potenciam crescimento.

Protocolo-APS-e-canal-de-Suez-720x507.jpg

A Administração dos Portos de Sines e de Algarve (APS) assinou na passada quarta-feira um memorando de entendimento com a Zona Económica do Canal do Suez, «que visa estreitar as relações entre duas interfaces logísticas e portuárias de dimensão global». Este acordo, celebrado no Ministério do Mar, em Lisboa, irá potenciar «o posicionamento do Porto de Sines como principal porto português no grande hub da costa atlântica e porto de entrada do Atlântico na Península Ibérica e na Europa, nomeadamente nos intensos tráfegos Este-Oeste via-Canal do Suez», segundo a APS. Com este memorando de entendimento, «as duas entidades reconhecem o interesse mútuo em estabelecer uma relação de parceria e cooperação para o desenvolvimento económico mútuo, tanto no aumento de oportunidades de negócios e volumes para o Porto de Sines, assim como no aumento do tráfego através do Canal de Suez». «Com quatro áreas industriais e seis portos, a Zona Económica do Canal do Suez está localizada na encruzilhada entre África, Europa e Ásia, ocupando 461 km2 ao longo das margens do recém-expandido Canal de Suez, com posição geográfica estratégica na principal rota comercial entre a Europa e a Ásia. Desempenha um papel fundamental no comércio mundial e promete reforçar a sua importância com o desenvolvimento de projetos como a mega iniciativa chinesa Belt and Road», enquadraram os responsáveis pelos portos de Sines e do Algarve. Antes da cerimónia de assinatura do documento, que foi presidida pela ministra do Mar Ana Paula Vitorino, a comitiva do Canal de Suez visitou o Porto de Sines, «com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre esta infraestrutura portuária».

Marcel | Performance de Mimo, pelo Centrum Pantomimy

980marcel2_1_980_2500.jpg

“Foi em janeiro de 1991 que mostrei o meu estudo a Marcel Marceau. Supostamente, seria um pequeno drama mímico onde contava a história da vida numa escola de aldeia antes da 2.ª Guerra Mundial.

– Que título lhe deste?, perguntou.

– ‘A Turma’, senhor.

Entendi perfeitamente o silêncio que se seguiu. Imaginei o mestre a viajar até à sua infância; ele pressentia a tragédia que se iria seguir ao final daquela bela era.

A guerra tudo aniquilaria.

– Lionel, seria bom que no final da história as crianças crescessem, depois envelhecessem e depois recordassem as ilusões perdidas dos tempos em que eram jovens.

Aquilo devia incomodá-lo bastante, porque durante muito tempo encorajou-me a continuar o meu trabalho. Como tributo a ele, atirei-me de cabeça… enquanto imaginava o seu olhar penetrante e um leve sorriso.

‘A Turma’ é agora intitulada ‘MARCEL’. [Lionel Menard]

Uma criação de Lionel Menard, ‘MARCEL’ estreou em 2015. O elenco é composto por Ewelina Grzechnik, Paulina Staniaszek, Magdalena Kultys, Pawel Kulesza / Wojciech Rotowski, Ireneusz Wojaczek e Bartlomiej Ostapczuk.

Dia 22 de Setembro no Centro de Artes de Sines – Auditório pelas 22h00 com Duração de 80′. Preço: 5 €. Uma Organização da Câmara Municipal de Sines. Parceria AJAGATO

Rotary Clube de Sines homenageou o Profissional do ano 2017

thumbnail_Rotary Sines Prof ano-2.jpg

No dia 11 de setembro, o Rotary Clube de Sines homenageou e reconheceu o mérito profissional de  João Miguel Telo Raposo, distinguindo-o como Profissional do ano 2017, numa sessão que se realizou no Hotel Dom Vasco, em Sines. De acordo com o Presidente para o ano rotário 2018-2019, Eduardo Bandeira, “esta distinção reconhece o percurso profissional de João Miguel Telo Raposo, o seu empreendedorismo na área do turismo de lazer e de negócios e o contributo dado na criação de valor, de emprego e de dinamismo económico e social no concelho de Sines”. O homenageado, hoje com 30 anos, fundou em 2007 o grupo EMVIAGEM, com sede em Sines e atualmente com 15 balcões espalhados pelo continente e regiões autónomas e com um volume de faturação esperado para 2018 superior a 35 milhões de Euros. Durante a cerimónia, os convidados presentes tiveram ainda oportunidade de conhecer a vida e obra de Miguel Torga, um dos mais influentes escritores e poetas portugueses do século XX, assistindo a uma palestra de Dina Silva, professora do ensino secundário.

Delegação da Portugal Shipping Week visitou Porto de Sines

thumbnail_IMG_6616.jpg

No Dia 17 de setembro, o Porto de Sines recebeu a delegação da Portugal Shipping Week (PSW), dando início a um conjunto de eventos relacionados com o sector marítimo-portuário, que se realizam em Portugal, com foco na Economia, na Ciência e no Ambiente.  Esta primeira edição da PSW, que decorre entre os dias 17 e 21 de setembro, é uma iniciativa promovida pelo Ministério do Mar em parceria com a Shipping Innovation, que tem como objetivo reunir no nosso país, decisores e stakeholders das várias vertentes do shipping mundial, afirmando o posicionamento de Portugal nestes mercados.  A PSW compreende vários eventos de alto nível, sendo uma oportunidade de excelência para armadores, operadores, investidores e representantes das comunidades marítimas estabelecerem, desenvolverem ou fortalecerem relações comerciais, confirmando Portugal na primeira linha como centro de logística marítima a nível mundial. A delegação da PSW, composta por cerca de 50 participantes internacionais, iniciou o seu programa com uma visita ao Porto Sines, onde foram recebidos numa sessão de abertura e boas-vindas pelo Conselho de Administração da APS. A comitiva realizou ainda uma visita às infraestruturas portuárias do Porto de Sines para ficarem a conhecer em detalhe várias vertentes operacionais do porto, concretamente os cinco terminais especializados, aptos a movimentar qualquer tipo de navios e cargas. O Porto de Sines, enquanto principal porto nacional em carga movimentada, é uma infraestrutura essencial na promoção externa do país, principalmente no que respeita à localização de investimento direto estrangeiro, afirmando-se como uma plataforma portuária de cariz internacional, integrada nas principais cadeias logísticas mundiais.