Importações de gás natural norte-americano subiram 1.000%

Segundo avança o ECO, as importações nacionais de gás natural liquefeito (GNL) com origem nos Estados Unidos dispararam 1.000% no primeiro trimestre deste ano. Em contrapartida, o gás natural liquefeito da Rússia tornou-se quase residual quando no mesmo período em 2021, antes da invasão russa na Ucrânia, era o segundo maior fornecedor de Portugal. Com a promessa de Joe Biden de aumentar o fornecimento de gás à União Europeia, os EUA tornaram-se o maior fornecedor de Portugal em termos de GNL, pelo menos neste arranque de 2022, superando a Nigéria.

“Nas importações salienta-se também o acréscimo dos Estados Unidos (+188,6%), maioritariamente combustíveis e lubrificantes (gás natural liquefeito e óleos brutos de petróleo)“, destacava ontem o Instituto Nacional de Estatística (INE) nos dados divulgados sobre a evolução das exportações e as importações de bens no primeiro trimestre deste ano. Este número global das importações vindas dos EUA escondia um aumento ainda mais expressivo das importações de gás natural liquefeito.

Taxa de desemprego recua para 5,9% no 1° trimestre

A taxa de desemprego recuou para 5,9% no primeiro trimestre deste ano, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). Este é um valor inferior em 0,4 pontos percentuais ao registado no trimestre anterior e que representa ainda uma queda de 1,2 pontos percentuais face ao mesmo período de 2021. Nos primeiros três meses deste ano, a população empregada (4900,9 mil pessoas) cresceu 0,4% (21,9 mil) em relação ao trimestre anterior e 4,7% (219,3 mil) relativamente ao mesmo período de 2021. Já a população desempregada, estimada em 308,4 mil pessoas, caiu 6,7% (22,2 mil) em relação ao trimestre anterior e 14,3% (51,7 mil) relativamente ao homólogo.

Faleceu Clemente Soares.

Faleceu Clemente José Ferreira Soares, primeiro presidente da comissão que administrou Sines depois do 25 de Abril. Clemente José Ferreira Soares nasceu em Sines no dia 3 de março de 1934. Filho do dono da antiga pensão Clemente, estudou até ao antigo quinto ano dos liceus, em Sines e em Tomar. O primeiro emprego de Clemente Soares foi nos Correios, onde trabalhou entre 1956 e 1966.Dos Correios foi para a Câmara Municipal, onde foi escriturário até final de 1973. Entre 1972 e 1980, geriu o Cine-teatro Vasco da Gama. Quando aconteceu o 25 de Abril, não era um homem com uma história de militância política, mas tinha a noção de que o regime ditatorial não podia continuar de pé. Através da experiência de um tio, comunista, conhecia a forma como eram reprimidas as diferenças de opinião, e quando surgiu a oportunidade de ajudar a sua terra na transição para a democracia não hesitou. Em junho de 1974, realizou-se no Estádio Municipal uma reunião para escolher a comissão administrativa que iria gerir o município até às primeiras eleições por sufrágio direto e universal. Embora não tenha estado presente no local, Clemente Soares foi eleito presidente da comissão. Não sem a objecção do próprio, que considerava elementos da comissão como Júlio Gomes da Silva, articulista do jornal “República” e militante antifascista, mais vocacionados para ocupar o cargo. Depois de uma segunda eleição com o mesmo resultado, acabou por tomar posse como presidente da Comissão Administrativa de Sines em 7 de agosto de 1974 e aí permaneceu até 25 de junho de 1975. As circunstâncias gerais do país não eram fáceis para a actividade de nenhuma câmara, mas em Sines – um município ocupado por outra entidade, o Gabinete da Área de Sines – a situação era particularmente difícil. Então a funcionar na Rua Teófilo Braga, o começo da luta pela recuperação para a Câmara do edifício actual dos Paços do Concelho, em que o GAS se tinha instalado, foi um dos trabalhos da Comissão Administrativa que considerava mais simbólico. Mesmo com todos os problemas e as próprias limitações legais (era o Gabinete que tinha o pelouro das obras), Clemente Soares orgulhava-se de realizações concluídas ou iniciadas durante a sua permanência na Comissão. A construção de três prédios de habitação, junto ao Bairro Marítimo, a cedência de terrenos para autoconstrução, também no Bairro Marítimo, a compra do primeiro carro e dos primeiros contentores do lixo de Sines, uma primeira tentativa de abertura da estrada entre São Torpes e Porto Covo e o prolongamento do molhe do porto de pesca são algumas das obras que resultaram da iniciativa ou da pressão da Comissão Administrativa. Depois dessa experiência, Clemente Soares não voltou a ter qualquer actividade política. Em termos de vida associativa, foi vários anos dirigente do Vasco da Gama Atlético Clube. Pela sua contribuição para a vida de Sines, recebeu a medalha de mérito municipal em 2004.

Exportações e importações aceleram no 1° Trimestre.

Segundo avança o Jornal Económico, o arranque do ano de 2022 ficou marcado pela aceleração das importações e das exportações. Os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram que, nos primeiros três meses do ano, as compras de bens ao exterior cresceram 36,8% face ao período homólogo de 2021, enquanto as vendas aumentaram 18,2%, sendo que ambas variações foram revistas face à estimativa provisória publicada no final de abril. Em comparação com o último ano pré-pandemia, as importações e as exportações já estão 25,9% e 21,5% acima, respetivamente. “No primeiro trimestre de 2022, as exportações aumentaram 18,2% e as importações cresceram 36,8% em relação ao mesmo período de 2021. Comparando com o primeiro trimestre de 2020, as exportações e as importações aumentaram 25,6% e 29%, respetivamente, [e cresceram] 21,5% e 25,9%, pela mesma ordem, face ao primeiro trimestre de 2019”, avança o gabinete de estatísticas, num destaque publicado esta manhã. De notar que a nota agora conhecida revê as taxas de variação homóloga que tinham sido indicadas na estimativa provisória, retirando-lhes 0,5 pontos percentuais, no caso das exportações, e somando-lhes 0,2 pontos percentuais, no caso das importações. Tal revisão reflete, afirma o INE, “a inclusão de nova informação”.Já quanto a março, o gabinete de estatísticas indica que as exportações e importações de bens registaram crescimentos homólogos nominais de 13,6% e 30%, respetivamente. “São de salientar os acréscimos nas exportações e importações de fornecimentos industrias (+24,8% em ambos os fluxos) e nas importações de combustíveis e lubrificantes (+132,8%)”, detalha o INE, que salienta que, excluindo precisamente os combustíveis e lubrificantes, as exportações e as importações aumentaram 12,4% e 20,2% face a março de 2021.

Programa “Terra Nossa” passou por Sines.

O Programa “Terra Nossa” da SIC, apresentado por César Mourão, passou por Sines, tendo visitado pelo menos a Lota ( Publicou fotos no seu Instagram) e a Pastelaria Vela D’Ouro (Galegos), que publicou a passagem na rede social Facebook. O programa de humor que presta homenagem a figuras públicas ou a cidades um pouco por todo o país voltou às emissões inéditas na SIC, na qual o apresentador promete não deixar créditos por mãos alheias.

O humorista e apresentador, que tem apenas 48 horas para recolher o maior número de informações e histórias sobre as figuras emblemáticas em destaque no programa continua, assim, nesta nova temporada, a ter oportunidade de contemplar as magníficas paisagens dos locais que visita, assim como as suas iguarias típicas, uma das imagens de marca do programa.

Ainda não foi anunciada a data da passagem do programa na SIC.

Foto: Facebook – Pastelaria Vela D’Ouro

Iniciativas com alunos de escolas em duas praias do concelho

As praias de São Torpes e Vasco da Gama vão ser ‘palco’ das iniciativas “Ida à Maré” e “Festa na Praia”, no dia 17 deste mês, divulgou a Universidade de Évora (UÉ). As actividades são promovidas pelo projecto bLueTIDE, com a participação de investigadores do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e da UÉ, e contam com o apoio da Incubadora do Mar & Indústria da Figueira da Foz.

Com início às 10:30, a “Ida à Maré” vai levar àquela zona balnear alunos do 1.º ciclo de uma escola de Évora, para lhes dar a conhecer e observar a biodiversidade, características e peculiaridades da zona rochosa entremarés.

Já a “Festa na Praia”, com início às 13:30, vai juntar escolas do litoral com a distinção Escola Azul e uma escola do interior sem esta distinção, com jogos em grupo.

Portugueses com menos de 10% do rendimento após pagarem contas

Cerca de 40% dos portugueses revela que, depois do pagamento das suas contas, sobra-lhes menos 10% do seu rendimento. E, para muitos, é provável que existam difculdades em conseguir suportar este aumento generalizado de preços. Esta é uma das principais conclusões do estudo European Consumer Payment Report, da Intrum, que revela ainda que os consumidores portugueses estão entre os que sentem maiores dificuldades para gerir o pagamento das suas dívidas.

“À medida que a recuperação da economia acelera, o aumento da inflação em toda a Europa está a fazer com que alguns consumidores vejam as suas finanças a degradar-se. Este crescimento da inflação na Europa, causado em grande parte pelo aumento dos preços da energia e cadeias de abastecimento interrompidas, já está a fazer disparar a ansiedade financeira entre os consumidores”, diz a Intrum.

Os dados mostram ainda que apenas 64% dos inquiridos entendem como o seu dinheiro seria afectado se a inflação fosse maior do que a taxa de juros sobre a poupança.

No contexto de inflação, os dados demonstram também que um em cada sete (16%) dos inquiridos afirma que não tem controlo sobre o seu endividamento. Em Portugal, 10% afirma não saber quanto deve.

Taças de Portugal de Futsal jogam-se em Sines.

O Pavilhão Multiusos de Sines recebe, de 18 a 22 de maio, as Taças de Portugal de Futsal Placard (masculina e feminina).Na prova masculina, participam as equipas do SL Benfica, CRC Quinta dos Lombos, CR Leões Porto Salvo, Sporting CP, CR Candoso, CS Marítimo Madeira, Eléctrico FC e ADCR Caxinas Poça Barca.

O calendário dos jogos dos quartos de final, a disputar na quarta-feira, 18 de maio, é o seguinte:

11h00: CS Marítimo Madeira x Eléctrico FC (jogo 1)

14h00: CRC Quinta dos Lombos x CR Leões Porto Salvo (jogo 2)

17h00: Sporting CP x CR Candoso (jogo 3)

21h00: SL Benfica x ADCR Caxinas Poça Barca (jogo 4)

As meias-finais jogam-se na quinta-feira, dia 19 de maio, às 17h00 (vencedor do jogo 2 x vencedor do jogo 3) e às 21h00 (vencedor do jogo 1 x vencedor do jogo 4).

A final acontece no sábado, dia 21 de maio, às 20h00. Na competição feminina, participam SL Benfica, Novasemente GD Cavalinho, Águias Santa Marta e GCR Nun’Álvares, com o seguinte calendário das meias-finais, a jogar no sábado, 21 de maio:

11h00: FC Águias Santa Marta x GCR Nun’Álvares

14h00: Novasemente GD x SL Benfica.

A final da Taça de Portugal Feminina é disputada no dia 22 de maio, domingo, às 20h00. Os bilhetes, com o custo de 1 € (IVA incl.), estarão disponíveis nas bilheteiras do Pavilhão Multiusos a partir de 17 de maio.

Espectáculo “Cruz de Giz” – Dia 12 no CAS

O auditório do Centro de Artes de Sines recebe no dia 12 de maio, às 21h30, o espectáculo “Cruz de Giz”, pelo Teatro de Animação de Setúbal, com a duração de 120 minutos. Em cena, sete actores e uma compositora / intérprete dão-nos um retrato rápido de uma sociedade alimentada de sectários e denunciantes que, pela resignação, pelo medo, pela ilusão de grandeza e de ganância alimentam o monstro nazi. Esta viagem à intimidade do III Reich, às pessoas que levaram Hitler ao poder, apresenta-se neste espectáculo como um projecto pluridisciplinar. O teatro, a música, as artes plásticas e o audiovisual cruzam-se em CRUZ DE GIZ e Outros Textos de Bertolt Brecht, para inquietar, despertar, num tempo em que se avolumam as ameaças de trevas e desumanização. A encenação e a dramaturgia é de Duarte Victor. Classificação etária para maiores de 12 anos. A venda de bilhetes decorre na semana do espectáculo, com um custo de 5 euros (para o público em geral) ou 3 euros (sócios da AJAGATO, jovens até aos 21 anos e maiores de 65 anos). O Litoral EmCena é um projecto intermunicipal promovido pela AJAGATO em parceria estratégica com as Câmaras Municipais de Santiago do Cacém e de Sines e cofinanciado pelo FEDER, fruto da candidatura n.º ALT20-14-2020-02 – Património Cultural.

Mar entre o Cabo Espichel/Sines vai ser incubadora de novos projectos

O mar da região, entre o Cabo Espichel e Sines vai ser uma área de experiências para actividades militares e não militares, com a criação de pequenas ilhas artificiais. O espaço marítimo, de mil quilómetros quadrados, aproveitando a zona excepcional enquadrada pela localização dos centros de testes da NATO instalados em Troia e Almada, é aposta para o desenvolvimento de novos projectos tecnológicos.A ideia foi apresentada pelo Almirante Coelho Cândido, vice-Chefe do Estado-maior da Armada (CEMA), no jantar da Sedes que juntou uma centena de individualidades da região e que teve como convidados, também, Tiago Brito e Cunha, da Fundação Oceano Azul e Assunção Cristas, antiga ministra e ex-líder do CDS-PP, que foi moderadora do debate.

“Temos condições, neste espaço, para fazer muita experimentação. Para, por exemplo, plataformas de produção de hidrogénio.”, explicou o almirante, acrescentando que os interesses do país convergem no desenvolvimento de projectos à escala nacional.

“Nós não podemos ter porta-aviões, mas podemos ter porta-drones. A nossa indústria tem capacidade para se juntar a estes projectos de pequena dimensão.”, defendeu Coelho Cândido. A aposta em inovação de menor envergadura é preferível, também, porque se Portugal aumentar o investimento em Defesa até aos 2% do PIB mas investir em fragatas de 500 milhões, que são compradas ou equipadas no estrangeiro, o dinheiro vai para fora do país.

O vice-CEMA aponta a Zona Económica Exclusiva portuguesa como a área em que podemos fazer a diferença. “A relevância de Portugal está no Atlântico. Estamos no epicentro marítimo da Nato e podemos ser relevantes na segurança deste espaço, sobretudo na luta submarina.”, disse.