Ano Lectivo arranca com normalidade em Sines.

980escola_1_980_2500.jpg

O ano letivo 2018/2019 teve início e decorreu com normalidade, em todas as escolas integradas no Agrupamento de Escolas de Sines e na Escola Secundária Poeta Al Berto. No início do ano lectivo, estão matriculados 1378 alunos nas escolas do Agrupamento, mais 38 do que no ano lectivo 2017/2018. Nos quatro estabelecimentos do pré-escolar público estão inscritos 210 alunos e nas três escolas do 1.º ciclo do ensino básico são 638 os alunos que iniciam o ano letivo. Os 2.º e 3.º ciclos do ensino básico na Escola Vasco da Gama abrem as actividades letivas com 530 crianças e jovens. A Escola Básica n.º 1 de Sines é a escola com mais turmas formadas (10), seguida das Escolas Básicas n.º 2 e n.º 3 (9 turmas cada uma). A Escola Básica de Porto Covo tem três turmas, duas delas mistas. Na Escola Secundária Poeta Al Berto estão matriculados 451 alunos, dos quais 395 no 3.º ciclo do ensino básico e no ensino secundário e 56 nos cursos profissionais. O Apoio Social Escolar da Câmara Municipal de Sines chega neste ano lectivo a, pelo menos, 302 alunos: 237 do 1.º ciclo e 65 do pré-escolar (dados de inscritos até 12 de setembro). No 1.º ciclo, 156 alunos ficam isentos das senhas de refeição e recebem os livros de fichas e material escolar. Também neste ciclo de ensino, 81 crianças recebem os livros de fichas e têm uma comparticipação de metade do valor das refeições nos refeitórios escolares. No pré-escolar, 52 crianças têm isenção das senhas de refeições e 13 são comparticipadas em metade do seu valor. No apoio em transportes escolares, estão abrangidos até ao momento 109 alunos. Este apoio assume duas modalidades: circuito especial, garantido através de viaturas e motoristas da Câmara Municipal de Sines (para alunos do pré-escolar ao ensino secundário) e comparticipação na aquisição de passe dos transportes interurbanos (para alunos do 2.º ciclo ao ensino secundário).

Anúncios

Água e saneamento: CIMAL quer fundos da UE

201809141157051.jpg

Os presidentes das cinco câmaras que foram a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) reúnem nesta segunda-feira, 17 de Setembro, em Lisboa, com o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins. Os autarcas de Odemira, Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal vão aproveitar a ocasião para contestar junto do Governo o facto “de não terem acesso ao financiamento comunitário para renovarem redes de água, nomeadamente condutas, estações elevatórias, bombagem, condutas de esgotos e estações de tratamento de águas residuais para aglomerados urbanos com população inferior a 500 habitantes”. Nesse sentido, os presidentes das autarquias do Alentejo Litoral vão apelar para que haja financiamento comunitário para este tipo de intervenções. Os autarcas sustentam mesmo que a Comissão Europeia não coloca impedimentos a este financiamento, “tratando-se de uma ausência de decisão a nível nacional”.

28-30 Set: Jornadas Europeias do Património.

980jep2_1_980_2500.jpg

A Câmara Municipal de Sines, através do Museu de Sines, comemora as Jornadas Europeias do Património, de 28 a 30 de setembro. Em 2018, esta iniciativa à escala europeia tem como mote “partilhar memórias”, e é nesse sentido que se orienta o programa desenhado para as comemorações em Sines: partilhar memórias entre diferentes gerações e comunidades, para construir um mundo mais esclarecido, tolerante e melhor. No dia 28 de setembro (sexta-feira), realiza-se no Castelo um ateliê para o público escolar sobre construção em canas. Sábado, 29 de setembro, às 15h00, a equipa de conservação e restauro responsável pela intervenção conduz uma visita guiada às fábricas romanas junto ao Castelo. Duas horas depois, às 17h00, no Museu, é lançado o novo número do jornal Redes do Tempo, dedicado ao Convento de Santo António. A 30 de setembro, domingo, o público é convidado a construir uma cabana de estorno na Praia de São Torpes. O ponto de encontro é o restaurante Trinca Espinhas, às 10h00. Não são necessárias inscrições, excepto para o ateliê para o público escolar (tel. 269 860 095).

Maersk Line desvia cargas para Sines

transferir.jpeg

A paralização do Porto de Lisboa em virtude da greve às horas extraordinárias decretada pelo SEAL –  Sindicato dos Estivadores e da Atividade Logística, fez com que o maior armador a trabalhar no porto da capital, fosse desviar parte da sua carga para Sines, onde possui porto seguro em virtude da Aliança 2M que possui com a MSC. Esta mudança avança uma revista do sector ( Cargo), se deve a:  «ao resultado da greve e do impacto que esta tem nas operações», levando, inevitavelmente, à ocorrência de «atrasos incomportáveis». A greve estipulada actualmente tem o seu termino no dia 8 de Outubro, não sabendo até ao momento qualquer alteração ou prolongamento da mesma.

Sines comemora Dia Mundial do Coração

980coracao_1_980_2500.jpg

A Câmara Municipal de Sines, com a parceria do Centro de Saúde de Sines e da Fundação Portuguesa de Cardiologia, comemora o Dia Mundial do Coração, 29 de setembro. O programa de actividades inicia-se um dia antes, a 28 de setembro, na Cafetaria do Castelo, com um workshop dedicado ao tema “Promoção de uma alimentação saudável: substituição do sal por ervas aromáticas”. O workshop tem dois turnos: o primeiro, das 10h30 às 11h30, e o segundo, das 14h30 às 15h30. No dia 29 de setembro, com início às 9h00, no Pavilhão dos Desportos, realiza-se uma caminhada saudável pela cidade, que culminará com a formação de um coração humano na Praia Vasco da Gama. Inscrições abertas de 13 a 25 de setembro, no Pavilhão dos Desportos, na Piscina Municipal Carlos Manafaia ou pelo email desporto@mun-sines.pt.

Limpar (E catalogar) o lixo marinho em duas praias de Sines

980limpezap2_1_980_2500.jpg

A Câmara Municipal de Sines assinala o Dia Internacional de Limpeza Costeira (15 de setembro – International Coastal Cleanup, apoiado pela Ocean Conservancy) e o Dia Nacional de Limpeza de Praias (16 de setembro), com a 2.ª acção de monitorização “Os suspeitos do costume – Do Rio ao Mar sem Lixo!”, limpando e catalogando os resíduos do areal. Esta acção decorre de um  desafio lançado pelo Programa Bandeira Azul (ABAE) 2018, que visa a elaboração do TOP 10 dos itens mais abundantes e as possíveis origens, análise sobre os seus impactos e reflexão sobre formas de os evitar. No dia 15 de setembro, sábado, a acção decorre, entre as 9h00 e as 13h00, na Praia da Costa do Norte, entre a zona a norte do restaurante “O Guia” e a Cova do Lago. No dia 16 de setembro, domingo, a acção terá lugar, também das 9h00 às 13h00, na Praia da Bicas, entre a Praia Vasco da Gama e o Porto de Pesca. Informações e inscrições pelo email ambiente@mun-sines.pt ou pelo telefone 269 860 012. A acção tem a parceria da Bandeira Azul, Associação Portuguesa de Lixo Marinho, Administração dos Portos de Sines e do Algarve e Docapesca.

Mário Rui na vitória histórica da Selecção.

img_920x518$2018_05_18_00_45_27_1399247.jpg

Em 25 jogos diante da squadra azzura, Portugal vencera apenas cinco, sendo que a única que acontecera em jogos oficiais remontava a 1958. 60 anos. Sessenta anos. Mário Rui tinha praticamente a titularidade ganha desde sábado, quando a Unidade de Saúde e Performance da FPF dispensou Raphael Guerreiro e Fernando Santos não convocou ninguém para colmatar a baixa. Mário Rui tornou-se o protagonista de um teste de capital no jogo da Liga das Nações. Pelas palavras do agente  Mario Giuffredi  aos microfones da Rádio Marte: ” Basta ver como ele se expressou contra a Itália, Mario Rui provou estar entre os primeiros laterais do campeonato italiano e ser capaz de dar tanto, mesmo internacionalmente e ele continua pela sua estrada, tem ombros largos “- disse Giuffredi.